Defeitos imunológicos e as deficiências de anticorpos

Hoje compartilho algumas informações sobre defeitos imunológicos. Os mais comuns são as deficiências de anticorpos, situações que podem ocorrer não somente por defeitos genéticos, mas também por meio do uso de medicamentos imunossupressores. Quando confirmado o diagnóstico, os pacientes precisam receber reposição de imunoglobulinas, ou seja, dos anticorpos que estão insuficientes. A terapia amplamente utilizada no Brasil é por administração intravenosa. Há aproximadamente 30 anos, o tratamento por via subcutânea está disponível na Europa. Essa opção chegou ao nosso País há poucos anos e é uma aquisição importante para os pacientes, pois os efeitos colaterais relacionados à via subcutânea são muito menores do que na aplicação intravenosa. Felizmente, temos hoje boas opções em medicações e novidades terapêuticas, cujas prescrições são feitas pelo médico imunologista após avaliação especializada.

Comments are closed.